Celular infectado? Não é mais um problema!

de / sexta-feira, 11 dezembro 2015 / Publicado emArtigos, Importantes para você

Lavar um celular infectado é possível? Muitos diriam que ainda não. Isso porque o fechamento do aparelho não garante que a água não penetre em seus circuitos, danificando-o de modo, muitas vezes, irreversível. Sem contar a falta de resistência ao detergente. Por esse motivo, o telefone celular é considerado um dos objetos mais sujos do mundo, ganhando longe dos vasos sanitários, por exemplo. E novos hábitos estão contribuindo para essa fama do celular. As pessoas já estão acostumadas a manusear os aparelhos ao mesmo tempo em que utilizam o banheiro, já que os smartphones nos permitem ler emails, acessar páginas da internet e as redes sociais em qualquer lugar e a qualquer momento. Para piorar, muitos acabam por não fazer a correta higienização das mãos, transmitindo para o aparelho todos os antígenos que podemos tocar. E o resultado é um celular infectado.

Pensando nesse fato, que já é considerado um caso sério por estudiosos da saúde, empresas estão pesquisando maneiras de higienizar o celular infectado. E a japonesa Kyocera saiu na frente, anunciando o primeiro aparelho de celular que pode ser lavado com água e detergente. A grande sacada é justamente a impermeabilidade da carcaça e da tela do aparelho, permitindo que o lavemos sem danificá-lo. Uma ótima notícia, já que uma tela de um celular sujo pode ter até 600 tipos de bactérias, de acordo com um estudo recente da Universidade de Barcelona.

Há alguns meses, mostramos em nossos artigos alguns lugares/objetos inusitados que eram mais sujos que o vaso sanitário, vamos relembrar quais são para que você se mantenha atento e nunca esqueça de higienizar as mãos e, se possível, esses lugares também:

– teclado;

– pia de cozinha;

– máquina de lavar;

– esponja de cozinha;

– escova de dentes;

– celular;

– controle remoto.

O celular sujo não se resume a um problema visual, quando a tela está cheia de marcas engorduradas de nossos dedos, por exemplo. Muitas vezes, temos a falsa impressão de limpeza apenas porque a tela está transparente, mas as bactérias e vírus são invisíveis a olho nu, e isso acaba por nos enganar. Enquanto nem todos os celulares podem ser lavados, cuide da higienização de suas mãos para evitar transmitir-lhe qualquer antígeno, em prol de sua própria saúde.

 

 

FONTE:

http://veja.abril.com.br/noticia/economia/lancado-no-japao-primeiro-celular-que-pode-ser-lavado-com-agua-e-sabao-02

Subir